CERCA: Marcel Diogo e Juliana Gontijo

O artista Marcel Diogo trabalha com diversos materiais e mídias, entre suas pesquisas a imagética oriunda das resistências negras e dos povos originários representam influências consideráveis. Dentro da comunidade Quilombola de Pinhões desenvolve os trabalhos intitulados: “Despachos”, que consiste em construir letreiros com frases iluminadas por velas e que são instalados nas ruas e a série “Encantadxs”, que apresenta imagens de pessoas, animais e seres fantásticos também iluminados pelo fogo das velas.

Em sua pesquisa a artista Juliana Gontijo se interessa por investigar as diferentes formas de construção de narrativas através da escuta e da produção de imagens que são sempre permeadas por fragmentos textuais e construção de simbologias. Em Pinhões elegeu como estratégia de experimentação e comunicação a construção coletiva de um jardim para o EQTA, através da coleta de mudas e do plantio a artista busca conhecer as pessoas da comunidade e também as plantas e suas propriedades. Como forma de registro a artista produz uma série de monotipias sobre madeira onde registra simultaneamente a imagem das plantas e trechos de falas dos moradores.