SEMINÁRIO MUROS BH

S E M I N Á R I O

SEMINÁRIO MUROS BH - 13, 14 & 15 DE SETEMBRO DE 2011

Seminário realizado entre 13 e 15 de Setembro de 2011.

 

  • 13/09/2011 | Interferências na paisagem: Produção de Imaginários Urbanos

Palestrantes: André Mesquita (SP) e Eduardo de Jesus (MG)

Mediadora: Janaina Melo (MG)

 

  • 14/09/2011 | Entre espaços: Convivência no Limite entre o Público e o Privado

Palestrantes: Cássio Hissa (MG) e Wellington Cançado (MG)
Mediador: Breno Silva (MG)

 

  • 15/09/2011 | “Poéticas visuais no espaço urbano

Palestrantes: Priscila Lolata (BA) e Adriana Nascimento (MG)

Mediadora: Brígida Campbell (MG)

 

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Morbi a pretium quam, nec rhoncus dui. Vivamus ultrices, erat et porttitor imperdiet, dolor ex rutrum enim, et pellentesque ex lacus at neque. Pellentesque pretium mi nunc, vel bibendum orci luctus id. Ut ornare sceleri.
''...para pensar uma cidade complicada, original, perigosa, sensorial, dissimulada, acolhedora e poética que pode ser reinventada a todo momento e por todos os homens, seus habitantes em contínua flutuação.''

  O seminário integra as ações do projeto Muros: Territórios Compartilhados, que propõe que os artistas intervenham no muro e reinterpretem a cidade e seus espaços. Nos trabalhos desenvolvidos, mais do que suporte, o muro configurou-se verdadeiramente num espaço detentor de características reais que poderiam ativar a percepção e fazer emergir a cada momento um novo e mutante território. No limite da sociabilidade, da segurança, da convivência, das trocas e negociações possíveis, os artistas exploraram a potencialidade presente no muro como paradigma para pensar uma cidade complicada, original, perigosa, sensorial, dissimulada, acolhedora e poética que pode ser reinventada a todo momento e por todos os homens, seus habitantes em contínua flutuação.

“Goodness is about character - integrity, honesty, kindness, generosity, moral courage, and the like. More than anything else, it is about how we treat other people.”
Dr. Seuss