NÃO ALIMENTEM AS ESPERANÇAS

MÍDIA TÁTICA

NÃO ALIMENTEM
AS ESPERANÇAS


DON'T FEED THE HOPES

O projeto “Não Alimentem as Esperanças” tem como objetivo problematizar e questionar a utilização de grades limitadoras em eventos públicos de grande circulação, trazendo à tona o significado desses limites impostos que, de certa forma, funcionam como “jaulas” de segregação. A realização de micro-eventos artísticos dentro dessas “jaulas” promove uma reflexão sobre a agressividade presente na imagem dessas grades e no sentido de seu uso, que separa e impede a ocupação completa dos espaços públicos e levanta o questionamento; A grade impede a entrada de quem está fora, ou a saída de quem está dentro?

The project “Don’t feed the hopes” aims to problematize and question the use of limiting fences in public events of great circulation, bringing to light the meaning of these imposed limits that, in a way, act as segregation “cages”. Artistic micro-events within these “cages” promotes a reflection on the aggressiveness present in the image of these fences and in the sense of their use, which separates and impedes the complete occupation of public spaces and raises the question; Does the fence block the entry of the one who’s outside or the exit of the one who’s inside?

A grade impede a entrada de quem está fora, ou a saída de quem está dentro?

Não Alimente as Esperanças integra as ações do projeto Mídia Tática, realizado pelo EXA – Espaço Experimental de Arte, concebido por Bruno Vilela.

Don’t Feed The Hopes is part of the actions of the Tactical Media project, conducted by EXA – Experimental Space of Art, conceived by Bruno Vilela.

“Goodness is about character - integrity, honesty, kindness, generosity, moral courage, and the like. More than anything else, it is about how we treat other people.”
Dr. Seuss