NÃO ALIMENTE AS ESPERANÇAS

 

O projeto “Não alimentem as Esperanças” tem como objetivo problematizar e questionar a utilização de grades limitadoras em eventos públicos de grande circulação, trazendo à tona o significado desses limites impostos que, de certa forma, funcionam como “jaulas” de segregação. A realização de micro-eventos artísticos dentro dessas “jaulas” promove uma reflexão sobre a agressividade presente na imagem dessas grades e no sentido de seu uso, que separa e impede a ocupação completa dos espaços públicos e levanta o questionamento: a grade impede a entrada de quem está fora, ou a saída de quem está dentro?

 

UA-28532263-1